Beldemónio

Beldemónio

Escritor e jornalista, nascido em Gouveia em 17 de Dezembro de 1857 e morreu em Lisboa em 1893.

Fez os seus primeiros estudos no seminário de Coimbra e

foi depois para o Porto, onde se dedicou ao jornalismo

colaborando na luta do Dez de Maio e do Primeiro de Janeiro.

Começou a revelar-se prosador correcto no jornal de Noticias, tornando-se em breve o crítico implacável, irreverente e cáustico que sob o pseudónimo Beldemónio ficaria conhecido nas letras.

Era um espírito irrequieto, às vezes agressivo, mas um escritor correcto, usando sempre uma linguagem apropriada e viva.

As suas criticas de arte eram notabilíssimas pela justeza e desassombro.

Obra

(obras que lhe deram notoriedade)
  • Musa Loira
  • Viagens no Chiado
  • Contos Morais
  • Publicou as revistas literárias e de critica As Vespas e A Cega-Rega.
  • Traduziu alguns volumes de Zola, de quem era admirador fervoroso.